Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um jurado pouco ajuizado

Quero contribuir para uma opinião pública bem informada. Combater os argumentos dogmáticos do tipo: "Eles são todos iguais!". E também mostrar que qualquer pessoa pode ter algum conhecimento, apenas pesquisando

Quero contribuir para uma opinião pública bem informada. Combater os argumentos dogmáticos do tipo: "Eles são todos iguais!". E também mostrar que qualquer pessoa pode ter algum conhecimento, apenas pesquisando

Um jurado pouco ajuizado

25
Dez19

Hipócritas natalícios

Ricardo André Coutinho

 Se “no Natal ninguém leva a mal” aqui vou eu difamá-lo já que estou ilibado.

 Luzes, enfeites, publicidades tudo isso e mais alguma coisa pode surgir meeeses antes do Natal!! O Natal é quando o humano quiser, porque iríamos celebrá-lo apenas por dois dias? No entanto, como é norma, deixa-se as compras todas para 20 a 24 de dezembro. Tudo a correr para não perder o último produto e evitar chegar a casa sem presentes. São tão importantes que irão ser trocados a 26; e se não forem despachados, irão servir para entregar a alguém no próximo Natal. De qualquer das maneiras servirá a alguém para pôr no fundo da gaveta.

 Tudo bem vestido porque vamos encontrar a família “unida” que não vimos no ano inteiro, a mesma família que não esteve lá quando estávamos desaprumados.

 A comida …
 Queixam-se de impostos e do parco salário mas a comida tem de abundar nestas ocasiões. 

  • Não toquem em nada! Tenho que publicar uma foto nas redes. Afinal, temos que aparentar estar bem, num é? Agora sim, hora de enfardar! ... Mesmo o bolo rei! - Mas eu não góto - Comes que é tradição - e lá vai uma deglutição de nojo ...

 O tema de conversa ou é “quem é o que tem mais êxito”, que todos os agregados competem, ou, no caso de não haver razões de orgulho, coscuvilhar a vida de terceiros.

 O dia 25 de dezembro é tão sagrado que poucas são as pessoas que o celebram por motivos religiosos. Numa mesa com 10 pessoas, 3 afirmam-se católicos (com sorte lembram-se da última vez que foram a missa). 

 Para além disso, a origem do Natal em si é, no mínimo, duvidosa. Sendo que, não só há estudiosos cristãos que não confirmam a existência de provas de que Jesus Cristo nasceu a 25 de dezembro como teorias que apontam para a inclusão de símbolos, no cristianismo, de outras religiões, como é o caso do paganismo, com o intuito de pacificar as guerras religiosas e afirmar a religião em crescimento - cristianismo. No que diz respeito ao Natal, antes de Cristo celebrava-se o Deus-Sol a 25 de dezembro.

 Oh Oh Oh 

 

https://www.allaboutjesuschrist.org/was-jesus-born-on-december-25-faq.htm

https://www.worldbulletin.net/news-analysis/christmas-before-christ-december-25-and-paganism-h125609.html

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D